Seleção ainda depende da autorização do Ministério do Planejamento.

Este primeiro semestre de 2018 está fechando com uma série de oportunidades empregatícias em aberto ou por abrir. Trata-se, neste caso, do procedimento em andamento para a devida autorização do próximo concurso público, que proverá cargos no órgão da Polícia Civil do Distrito Federal, a PC de Brasília. A análise prossegue e será concluída muito em breve.

Neste momento a avalição que está sendo realizada permanece junto ao Departamento da Gestão de Pessoas da PC do Distrito Federal, iniciado no dia 22 de maio de 2018. Existe uma expectativa de que este certame será finalmente autorizado, de modo oficial, nas próximas semanas. É um processo de seleção que responderá a uma longa demanda, iniciada no dia 21 de abril de 2017, data em que foi anunciado o certame por meio da direção da instituição, ao longo de um evento realizado no sentido de comemorar o dia do policial civil. Foi nesta ocasião que se intensificou, entre as autoridades governamentais, a importância de um maior número de policiais nas ruas.

Conforme as informações angariadas do mesmo setor, este concurso muito provavelmente abrirá uma quantidade de postos de trabalho que chegará a mais ou menos 2.100 vagas disponíveis. A organização distributiva de cargos ainda não foi divulgada. Este número de vagas também ainda necessita ser devidamente confirmado, na medida em que o edital do concurso for definitivamente publicado.

Assim, neste novo pedido de autorização de processo seletivo, no órgão da Polícia Civil do Distrito Federal de 2018, ainda que o grande número de postos anunciados seja considerado encorajador, foi emitida uma nota por meio do próprio sindicato desta categoria na qual se considera que, ainda assim o novo contingente não suprirá a real necessidade de profissionais, já que até o ano de 2020 em torno de mil ou mais servidores policiais estarão entrando em aposentadoria. Dados indicam que no início do ano de 2017, cerca de150 policiais entraram com pedido de aposentadoria. Deste modo, com a crescente violência assolando o país, as chances de sucessivas contratações imediatas são grandes. O tempo urge.

De acordo com o histórico registrado no anterior processo seletivo na mesma corporação, realizado no ano de 2016, foram abertas em torno de 100 vagas destinadas a cargos no setor de perito criminal, das quais 20 postos para imediata contratação, e os demais 80 para formação do cadastro reserva de pessoal. Um dos melhores concursos realizados nessa área.

No ano anterior, ou seja, em 2015, foi realizado outro processo de seleção nesta mesma corporação, departamento da Polícia Civil de Brasília, no qual houve oferta de um maior número de vagas, no sentido de garantir o preenchimento de 417 postos de trabalho com exigência de graduação em nível superior, entre os quais 170 postos estavam destinados ao imediato preenchimento e os demais 247 postos permaneceram na formação do cadastro reserva de pessoal.

Neste último concurso público citado, as oportunidades ofertadas, se destinaram aos cargos de papiloscopista, com 50 vagas imediatas e mais 107 para o cadastro reserva de pessoal; posto de perito médico legista, com 20 postos para imediato preenchimento e mais 40 para formação do cadastro reserva de pessoal e posto de delegado de polícia, com 100 postos para imediato preenchimento e mais 100 destinados à formação do cadastro reserva de pessoal.

Este é um dos melhores concursos prestes a ser promovido. Os salários são atraentes, as carreiras são possíveis e os benefícios são muitos. Diante da crise empregatícia que ainda afeta negativamente uma significativa parcela da população brasileira, toda chance de um bom emprego, com estabilidade, deve ser valorizada. Vale a pena estar atento. Para mais informações e atualizações acesse o site.

Paulo Henrique dos Santos


Certame deve contar com cerca de 100 vagas para o cargo de Delegado Substituto, com salários de até R$ 19 mil.

Após a autorização por parte das Secretarias de Gestão e Planejamento e de Segurança Pública e Administração Penitenciária, a Polícia Civil do Estado de Goiás publicou o edital de abertura de seu concurso público para 2018. O documento citado é o edital de abertura nº 1/2018, que destaca todas as normas, exigências, prazos e demais detalhes referentes a este certame.

O concurso da Polícia Civil do Estado de Goiás tem como principal objetivo o preenchimento de 100 vagas para o cargo de Delegado de Polícia Substituto. Todas as vagas são para preenchimento imediato. Além disso, também é importante destacar que cinco vagas, em relação ao número total, serão reservadas para pessoas com deficiência. Os futuros aprovados terão direito a uma remuneração inicial no valor de R$ 19.242,52, com jornada de trabalho de 40 horas semanais, dedicação exclusiva.

Para aqueles que estiverem interessados em prestar esse concurso, é importante destacar que os postulantes ao cargo de Delegado de Polícia Substituto devem atender aos pré-requisitos impostos pelo cargo. Dessa forma, é necessário possuir diploma de graduação de bacharelado em Direito, sendo que o diploma deve ter sido emitido por uma instituição de ensino superior devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação.

Inscrição

O período de inscrições terá início em 12 de junho e possui término previsto para 11 de julho de 2018, segundo consta no edital oficial de abertura. Quem estiver disposto a participar do certame deverá realizar sua respectiva inscrição por meio eletrônico. Sendo assim, o candidato deve acessar o site oficial do Núcleo de Seleção da Universidade do Estado de Goiás através do link www.nucleodeselecao.ueg.br.

Para realizar sua inscrição será necessário criar um cadastro pessoal no sistema do Núcleo de Seleção da UEG. O CPF e outras informações básicas serão solicitados no processo de cadastro, bem como a criação de uma senha para login. Com o cadastro feito, basta efetuar sua inscrição no período destacado acima e confirmar sua participação neste certame.

Uma taxa no valor de R$ 200,00 é cobrada para que o candidato possa efetivar sua inscrição. Porém, os candidatos que não disporem de tal valor em mãos podem optar pela isenção do pagamento da taxa de inscrição entre os dias 23 e 27 de maio. O benefício será concedido às pessoas com um dos seguintes perfis: candidatos com renda familiar bruta inferior a dois salários mínimos ou beneficiário de programa social de transferência de renda de caráter federal ou estadual; além daqueles que forem doadores de sangue e/ou medula óssea. Mais detalhes estão disponíveis no capítulo VI do edital de abertura.

Processo Seletivo

O certame destacado nesta matéria conta com nada menos que nove etapas. A primeira delas é a avaliação realizada por uma equipe multiprofissional, de caráter eliminatório, e que será exclusiva para os candidatos que optaram por concorrer como pessoas com deficiência no ato da inscrição.

As demais etapas, em ordem cronológica, são: prova objetiva, de caráter eliminatório; provas discursivas, de caráter classificatório e eliminatório; avaliação de aptidão física; de caráter eliminatório; avaliação médica, de caráter eliminatório; exame psicotécnico, de caráter eliminatório; investigação social e avaliação de vida pregressa, de caráter eliminatório; curso de formação profissional, de caráter eliminatório e classificatório; e, por fim, avaliação de títulos, de caráter classificatório.

A prova objetiva está marcada para ocorrer em 12 de agosto de 2018, segundo consta no edital oficial de abertura. É importante destacar que os locais de provas serão divulgados através da página do candidato e é de exclusiva responsabilidade dele a identificação do seu local de prova.

Edital Oficial

Para mais informações a respeito deste concurso é muito importante que o candidato faça uma leitura detalhada do edital oficial de abertura. Através deste documento é possível encontrar normas, exigências, prazos, cronogramas e demais informações referentes ao concurso público da Polícia Civil do Estado de Goiás. O documento está disponível através do site www.nucleodeselecao.ueg.br.

Por Bruno Henrique


Inscrições até o dia 15 de maio de 2018.

Muitas pessoas que residem no estado de São Paulo se encontram na expectativa de novas informações sobre um novo concurso público da Polícia Civil do estado. Pois bem, se essa for a sua situação, saiba que os editais de abertura de novos concursos já foram publicados e as inscrições já se encontram abertas para o novo certame. Saiba mais na continuação deste artigo.

É isso mesmo, na PC do estado de São Paulo existem um total de 2.750 vagas em aberto, que serão disponibilizadas em concursos públicos.

Os editais destes concursos foram publicados na última quinta-feira, dia 03 do mês de maio.

De acordo com as informações dispostas nos documentos, as vagas serão distribuídas em todo o estado. Haverá oportunidades para pessoas com formação de nível médio e também para pessoas com formação de nível superior.

Os editais informam que as inscrições que já se encontram abertas e podem ser realizadas por meio da internet. Dessa forma, quem desejar se inscrever e concorrer a uma das vagas basta acessar o site www.vunesp.com.br.

A empresa contratada para organizar e executar o certame da Polícia Civil Do estado de São Paulo foi a já conhecida e bem conceituada na área de concursos públicos, a Fundação Vunesp.

As vagas serão disponibilizadas em diversos cargos e assim que tiver o interesse em concorrer a um posto deve estar atento ao prazo de realização das inscrições, uma vez que eles se diferem de acordo com o cargo em questão.

E já que estamos falando de cargos, os que serão disponibilizados no concurso serão de delegado, Investigador, Escrivão, Agente de telecomunicações, Papiloscopista, Agente de polícia e auxiliar de papiloscopista.

Para a carreira de delegado serão disponibilizadas um total de 250 vagas. Os interessados poderão realizar suas inscrições até o dia 11 do mês de maio. Podem se inscrever ao cargo pessoas que possuam formação superior em Direito e que sejam habilitadas na categoria a partir de ”B”, e que possuam experiência mínima de dois anos seja na atividade policial ou na área jurídica. Um delegado possui uma remuneração no valor total de R$ 10.579,71.

Para os cargos de escrivão e investigador serão disponibilizadas 800 e 600 oportunidades, respectivamente. Os interessados em entrar para a concorrência poderão realizar suas inscrições até o dia 15 do mês de maio. Podem se inscrever pessoas com formação de nível superior, independente da área de formação e que também possuam carteira Nacional de Habilitação de categoria a partir da “B”.

Um profissional que atua no cargo de investigador ou no cargo de escrivão possui uma remuneração cujo valor total é de R$4.435,62.

Para o cargo de agente de telecomunicações serão disponibilizadas o total de 300 vagas, enquanto que para o cargo de papiloscopista o número de vagas disponíveis é de 200. Para ambos cargos as inscrições serão encerradas no dia 1º do mês de junho. Para concorrer a uma vaga em qualquer um dos cargos os interessados precisam possuir formação completa de ensino médio, CNH de categoria “B’ e boa conduta de vida privada e pública. Um profissional que atue em um destes cargos recebe inicialmente uma remuneração no valor total de R$ 4.281,51.

Os últimos cargos oferecidos no concurso da Polícia Civil de SP são de agente policial, que conta com 400 vagas, e de auxiliar de pailoscopista com 200 vagas. As inscrições serão encerradas no dia 8 do mês de junho. Para concorrer a uma vaga em ambos cargos os candidatos precisam possuir formação completa de ensino médio, serem habilitados em categoria a partir de”B’. Também é preciso comprovar boa conduta na vida privada e pública.

Um profissional que atue nesses cargos recebe inicialmente uma remuneração no valor total de R$ 3.596,98.

Não perca essa oportunidade, acesse o site da Polícia Civil de SP e faça a sua inscrição.

Sirlene Montes


Salários variam de R$ 9 mil a R$ 16 mil.

O concurso da Polícia Civil do estado do Piauí (PC PI) está com inscrições abertas. Quem sonha em trabalhar na área policial pode aproveitar essa oportunidade. O edital anuncia 350 vagas para quem tem formação de nível superior. Os salários podem alcançar o patamar de R$ 16 mil. Caso esteja interessado em obter mais informações sobre esse certame, confira a matéria a seguir.

Sobre as inscrições no concurso da PC PI

Os interessados em participar do processo seletivo da polícia civil devem entrar no site do Núcleo de Concursos e Promoções de Eventos (Nucepe), que foi contratado para organizar o concurso público da PC do Piauí, realizar o preenchimento do formulário de inscrição e pagar o boleto. As inscrições serão efetuadas apenas pela internet. As taxas custam R$ 150 e R$ 200, variando conforme o cargo de interesse.

As inscrições começaram desde o dia 16 de abril (segunda-feira) e vão se encerrar em 15 de maio (terça-feira). A data final para pagamento da taxa é no dia 16 de maio (quarta-feira). Aqueles que são doadores de medula ou de sangue, estiverem desempregados ou que prestaram serviço como mesário no estado do Piauí em alguma eleição, poderão obter isenção do pagamento.

Sobre as vagas disponíveis na Polícia Civil do Piauí

As 350 chances anunciadas no edital são para os cargos de perito médico legista, agente de polícia civil, perito criminal e delegado de polícia civil.

As áreas oferecidas para o posto de perito médico são as seguintes: geral, psiquiatria e patologia.

As especialidades do cargo de perito criminal são: contabilidade, biologia, medicina veterinária, farmácia, química, informática e engenharias. Dentre essa última área, os segmentos ofertados são: engenharia mecânica, florestal, civil, elétrica e agronômica.

A remuneração inicial é de R$ 5,7 mil para agente, R$ 9,8 mil para perito médico e criminal e de R$ 16,3 mil para delegado. Os convocados ainda perceberão gratificações. A carga horária semanal de trabalho corresponde a 44 horas.

Há oportunidades exclusivas para pessoas com deficiência (PCD). Tais candidatos ainda passarão por uma perícia médica.

Esse concurso também servirá para formar um cadastro reserva para ocupar possíveis vagas que possam surgir durante os 2 anos de validade do certame. Esse prazo poderá ser estendido a contar da data em que foi homologado e a critério da instituição pública.

Quais são os requisitos?

Para exercer quaisquer das funções anunciadas no edital faz-se necessário possuir graduação completa. No caso do posto de delegado é requisito possuir formação no ramo das ciências jurídicas. Confira outras exigências para todos os cargos previstos no edital do certame: estar em pleno gozo dos direitos políticos, ter nacionalidade brasileira, estar em dia com as obrigações militares, no caso de candidato do sexo masculino, possuir idade de 45 anos, no máximo, ter altura mínima de 1,60 m (homem) e 1,55 m (mulher), entre outros requisitos.

Quais são as etapas do concurso público da PC PI?

O processo seletivo contempla as seguintes avaliações: 1) prova objetiva – que ocorrerá nos domingos 10 de julho para agente e delegado e em 1º de julho para perito; 2) prova dissertativa – com data programada para 10 de junho para agente, 1º de julho para perito e 8 de julho para delegado; 3) prova de títulos – fase exclusiva para o cargo de delegado. Nela serão computados pontos para pós-graduação de especialização, mestrado e doutorado no ramo do Direito; 4) exames de saúde; 5) teste de aptidão física – aplicável para os cargos de agente e delegado; 6) avaliação psicológica – exceto para perito criminal e médico legal; 7) investigação social e 8) curso de formação profissional.

Mais detalhes do concurso PC PI

Acesse o site do NUCEPE para saber outras informações que constam no edital do processo seletivo da Polícia Civil do estado do Piauí.

Melisse V.


Prazo para se inscrever termina no dia 15 de maio de 2018.

Nesta segunda-feira, dia 16 de abril, inicia o prazo para inscrição dos editais do concurso público para a Polícia Civil no Estado de São Paulo, a PC/SP, referente aos cargos de escrivão e também investigador. Serão ao todo, a seleção e contratação, por volta de 1.400 vagas, desses cargos 70 são reservadas às pessoas que possuem deficiência.

No total das vagas, 800 estão destinadas a carreira de escrivão da polícia e as 600 vagas restantes para investigador da polícia. Todos os interessados em concorrer a uma dessas vagas precisam possuir um diploma de conclusão do nível superior, podendo ser em qualquer graduação, possuir carteira de habilitação, sendo de categoria “B”, e por fim ter uma conduta irrepreensível que será investigada minuciosamente em sua vida pública e principalmente privada.

Os salários base iniciais de escrivão e também de investigador de polícia são R$ 4.435,62, já incluso o salário base mais gratificação e o adicional correspondente a insalubridade no valor de R$ 691,64.

A empresa que está responsável por toda a organização e também a execução do processo é mais uma vez a Fundação Vunesp. Suas inscrições podem ser realizadas até no máximo o dia 15 de maio e será feita somente pela internet, através do site da www.vunesp.com.br.

Sobre a taxa de inscrição, será cobrada uma taxa no valor de R$ 84,81 para qualquer uma das funções. O seu pagamento do boleto tem que ser efetuado até o prazo limite que é a data do fim das inscrições, vale lembrar que o horário de funcionamento do banco é o limite para o pagamento.

Sobre as provas da PC/SP 2018 para os cargos de escrivão e investigador

Sua primeira etapa consiste na prova preambular, e ela é de caráter eliminatório e também classificatório. Contendo 100 questões, sendo todas de múltipla escolha, e será aplicada em 10 de junho impreterivelmente nas cidades de Bauru, Araçatuba, Campinas, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, Santos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, São Paulo capital e também na região metropolitana, por fim Piracicaba e Sorocaba.

Agora para o cargo de escrivão da polícia, sua prova preambular obterá 36 questões da disciplina de língua portuguesa, 30 de direito, 16 de informática e por fim 18 de criminologia, lógica e também sobre atualidades.

Para investigador de polícia 30 questões de na área de língua portuguesa, 30 de direito, 10 de criminologia, 10 de lógica, 10 de informática e por fim 10 de atualidades.

Somente participarão para a prova escrita, aqueles que passarem da primeira fase, sendo que a segunda fase também é de caráter eliminatório e classificatório, sendo no total 1.200 para as vagas de escrivão e duas vezes o número de concorrentes para as vagas em disputa no cargo de investigador.

O concurso ainda contará também com as seguintes fases: a comprovação de idoneidade e sobre conduta escorreita em caráter de investigação social, e será de caráter exclusivamente eliminatório; a prova oral, será eliminatória e também classificatória; e por sua vez a análise de títulos, que será apenas classificatória quem chegar até essa última fase já estará aprovada no concurso.

Com certeza essa é uma grande oportunidade de concurso público se você sonha em entrar para o funcionalismo público tendo um bom cargo com um bom salário inicial, essa é umas das melhores chances no momento. Entre no site da Vunesp e veja todos os detalhes, se prepare e corra atrás do sucesso.

A Polícia Civil é um dos cargos mais disputados em caráter de concurso público estadual. Por isso não deixe de estudar as matérias específicas e se preparar de uma forma eficaz para que uma dessas vagas seja sua.

Ricardo Ferreira Rodrigues


inscrições para concurso da Polícia Civil de Minas Gerais para o posto de Delegado já estão abertas.

Segunda-feira, 16 de abril, iniciaram as inscrições referente ao concurso para delegado na Polícia Civil do Estado de Minas Gerais. A seleção é para preencher 76 vagas constando atuação nas delegacias regionais presentes no interior do Estado.

O inscrito deverá possuir um curso superior sendo na área de direito para poder concorrer ao cargo, os salários base são de aproximadamente R$ 11.475,57, tendo uma jornada semanal de 40 horas no total.

Suas inscrições têm como prazo final às 23h em 15 de maio, e podem ser realizadas no site da banca Fumarc, o endereço do site é: www.fumarc.com.br. E o valor a ser cobrado referente a taxa é no total de R$ 212.

As provas do concurso

O concurso obterá sete etapas. Sendo a primeira, que será realizada em 17 de junho, na cidade de Belo Horizonte, todos os candidatos deverão realizar uma prova de múltipla escolha contendo ao todo 70 questões.

A duração total será de no máximo quatro horas e meia, o exame abordará os temas relacionados a criminologia, os direitos humanos, a medicina legal e por fim os conhecimentos na área de direito administrativo, penal, constitucional, o civil e por sua vez processual penal.

Também contará com a fase de provas dissertativas e uma prova oral, respectivamente nos dias 12 de agosto e por hora dia 2 de outubro, a de avaliação psicológica, os exames biofísicos e biométricos, uma minuciosa análise dos títulos e uma investigação social bem detalhada, que até o momento não possuem datas definidas.

A validade será de dois anos prevista no edital, mas pode ser prorrogado por dois anos se for necessário, dependendo da decisão do órgão realizante do concurso.

Atribuições do delegado

a) Presidir uma investigação do crime indo de acordo ao seu convencimento sendo ele técnico e jurídico, tendo sempre o máximo possível de isenção e total imparcialidade seja em qualquer situação; b) tomar todas as decisões sobre qualquer indiciamento que houver, realizado seja por ato fundamentado, mediante a toda uma análise técnico-jurídica de todos os fatos, deverá indicar quem é o autor, a sua materialidade e todas atuais circunstâncias; c) solicitar todos os exames periciais, os cadastros, as informações, os documentos e todos os dados, colher as provas e ser sempre o primeiro que pratica e ordena todos os demais atos que são necessários da apuração de todas as infrações penais e ato infracional, observe sempre os limites que sejam legais; d) decidir sobre a lavratura no auto de prisão no caso de ser um flagrante; e)representar junto da autoridade judiciária podendo ter a decretação de todas as medidas cautelares; f) estar presidindo sempre todos os inquéritos policiais, sua lavratura de autos de prisão em caso de flagrante delito, dos interrogatórios, e das oitivas e todos os demais autos e todos seus procedimentos a natureza investigativa, das penais ou das administrativas; g) estar formalizando o ato de indiciamento, fundamentar a partir que todos os elementos de fato e os direitos existentes presentes nos autos; h) estar sempre promovendo o bem-estar geral, poder garantir suas liberdades públicas, poder empenhar o aprimoramento de todos os métodos e procedimentos dos policiais, em relação a polícia comunitária e toda mediação em relação aos conflitos; i) poder dirigir de uma maneira que possa ser adequada aos serviços de trânsito e todas as identificações civil e também criminal em todo o Estado de Minas Gerais.

Caso você possua um curso na área de Direito e possa eventualmente estar procurando uma chance de ingressar em uma carreira de sucesso , sem se esquecer da excelente remuneração, essa é sua grande oportunidade. Nosso país está precisando de pessoas que sejam éntegras e dispostas a fazer sempre bem e estar corrigindo todas as falhas no sistema nacional. Você sente que tem um chamado para esta carreira, não perca mais tempo e acesse todo o site e lembre-se de se inscrever hoje mesmo para poder fazer parte dessa grande história que nosso país vivenciará.

Ricardo Ferreira Rodrigues


Seleção deverá ofertar oportunidades para o cargo de Escrivão.

Foi divulgado no dia 27 de março de 2018 (terça-feira), por meio do diário oficial, pela Polícia Civil do Paraná, os nomes que irão formar a comissão de seu novo concurso, para o cargo de escrivão da polícia.

A comissão será presidida pela Dra. Luciana de Novaes e a sua suplente será a Dra. Daniele de Oliveira Serighelle. A comissão irá contar, ainda, com o Dr. Sebastião Ramos dos Santos Neto e o Dr. Jairo Amódio Estorílio, sendo que seus suplentes serão o Dr Eduardo Marcelo Castella e o Dr. Alexandre Rorato Maciel. Além desses nomes, também foram indicados os servidores, Silvio Romero Rodrigues Carvalho, Raquel Silva de Andrade, Ivone Cândida Oliveira Laurentino e Luis Gustavo Oribka, que serão responsáveis por secretariar os trabalhos.

Esta seleção vem sendo aguardada desde o dia 1 de fevereiro desse ano, após o Sindicado das Classe Policiais Civis do PR, a Sinclapol, divulgar um comunicado informando que o governador Beto Richa tinha autorizado o novo concurso público para esse ano. No comunicado, havia ainda a informação de que a oferta inicial é de 100 vagas, mas também será formado Cadastro de Reserva.

Pré-requisitos: Os interessados em concorrer à uma das vagas deverão possuir ensino superior, ter pelo menos 21 anos, além de precisar ter Carteira de Habilitação categoria B ou superior.

Remuneração:O salário inicial será de R$ 5.197,00.

Após a formação da comissão, será definida a banca organizadora e só então a data do Edital de abertura das inscrições será divulgada.

O concurso foi confirmado devido à falta de escrivães. O sindicato divulgou recentemente uma nota falando sobre essa falta de escrivães, dizendo que é uma das situações mais graves registradas pela corporação. Nessa mesma nota, de acordo com o sindicato, as últimas nomeações para o cargo ocorreram no ano de 2014 e, desde então, um novo concurso vem sendo cobrado.

No ano de 2009, foi realizado o último concurso para o cargo. Na data em questão foram ofertadas 90 vagas. A Banca Organizadora desse Concurso foi a Coordenadoria de Processos Seletivos da Universidade Estadual de Londrina. O processo seletivo desse concurso foi aplicado em 5 etapas. A primeira etapa contou com provas objetivas que cobrava do candidato conhecimentos gerais. Na segunda etapa foi cobrado conhecimentos específicos. Na terceira etapa o candidato passou por uma prova de rigidez física. A quarta etapa foi composta por testes de aptidões físicas e na quinta foi feita a investigação de conduta.

Na primeira etapa, onde foi exigido do candidato Conhecimentos Gerais, o conteúdo da prova foi composto por 25 questões (10 questões de língua portuguesa, 7 questões de economia e demografia paranaense, 4 questões de noções de informática e 4 de raciocínio lógico).

Na segunda etapa, referente à Conhecimentos Específicos, a prova também foi composta por 25 questões (5 questões de noções do estatuto da Polícia Civil, 4 questões de noções de direito penal, 4 questões de noções de direito constitucional, 4 questões de direito administrativo, 4 questões de direito processual penal e 4 questões de noções de legislação específica).

Por hora os interessados em concorrer à uma das vagas para o cargo de escrivão devem esperar a formação da Banca Organizadora do concurso, pois conforme citado acima, somente após essa divulgação será liberado o Edital. Após a liberação, os futuros candidatos deverão ler todo o Edital, atento a todos os detalhes para saber se atende a todas as exigências descritas nele, para poder participar do processo seletivo. No Edital também constará informações detalhadas sobre inscrições, datas, locais, horários e conteúdos das provas, datas de divulgações de resultados, salários e benefícios oferecidos para dos aprovados, entre outras informações.

Rosângela Rodrigues


Certame contará com 2.750 vagas.

Desde o ano passado surgiram alguns rumores de que a Polícia Civil do estado de São Paulo realizaria um novo concurso público para a contratação e formação de novos militares. E no início de 2018 esses rumores foram confirmados. Segundo a instituição, a PC/SP vai disponibilizar mais de 2.500 vagas. E a última informação sobre este certame é que a banca organizadora já foi escolhida. Confira agora todos os detalhes sobre esse novo processo de recrutamento.

Primeiras informações sobre o concurso público da PC/ SP

Inicialmente a Polícia Civil de São Paulo vai oferecer 2.750 vagas para homens e mulheres. A instituição escolhida para atuar como banca organizadora foi a Fundação Vunesp de São Paulo. Como a escolha da Fundação aconteceu há poucos dias, os responsáveis pelo certame não publicaram o edital contendo todas as informações referentes aos concursos públicos. Dessa forma, só se tem conhecimento sobre alguns dados.

Uma das informações já divulgadas e dá conta que as 2.750 oportunidades vão ser divididas da seguinte forma: 1.650 postos de trabalho para candidatos do curso de graduação e 1.100 vagas para interessados que têm ensino médio. Confira agora quais cargos correspondem a cada nível de escolaridade:

-Ensino Superior:

  • 250 vagas para a função de delegado;
  • 800 vagas para a função de escrivão;
  • 600 vagas para a função de investigador de Polícia.

-Ensino Médio:

  • 200 vagas para a função de auxiliar de papiloscopista;
  • 200 vagas para a função de papiloscopista policial;
  • 400 vagas para a função de agente de polícia;
  • 300 vagas para a função de agente de telecomunicações.

Os aprovados neste certame devem ter salários com valores entre R$ 4.000,00 reais até R$ 11.000,00 reais. Não foi divulgadas informações sobre a carga horária para os cargos; validade do vínculo empregatício e possível expansão do contrato; benefícios; local dos postos de trabalho e outros. A previsão é que o edital seja publicado ainda neste mês de março.

Pré-requisitos para a participação no certame da Polícia Civil de São Paulo

A Polícia seja ela Civil, Militar, Federal e outras, costumam ter requisitos bem definidos para que as pessoas possam se inscrever em seus certames. Dessa forma, os interessados precisam atender a todos esses critérios, pois, caso não atendam podem ser excluídos em qualquer etapa do processo seletivo.

Veja a lista de alguns dos requisitos:

– Os interessados precisam ser maiores de idade e possuírem a formação acadêmica necessária.

– Os candidatos necessitam estarem em boas condições físicas, médicas e psicológicas. Pois eles vão passar em avaliações em todos esses aspectos.

– Nenhum dos inscritos pode ter menos de 1,60 m de altura.

– Não podem ter nenhum tipo de questão em aberto com a Justiça.

– Serem naturalizados brasileiros e outros.

Sobre o processo seletivo e o último concurso da instituição

O último concurso da PC/ SP aconteceu no ano de 2013. Naquele certame foram oferecidas 391 vagas para a função de Agente Policial. A banca organizadora também foi a Fundação Vunesp.

Na grande maioria das vezes instituições como a Polícia Civil costuma seguir os mesmos critérios para avaliar os possíveis novos servidores. Além disso, um fato comum entre o concurso passado e este é que a Vunesp organizou os dois certames. Com isso, é de extrema importância analisar o que foi cobrado nas provas passadas para se ter uma ideia do que será cobrado nesta.

Os inscritos no concurso de 2013 participaram de quatro tipos de avaliação: prova de múltipla escolha; teste físico; teste psicológico e verificação dos antecedentes dos candidatos. A prova de múltipla escolha continha 80 questões sendo: 25 perguntas de língua portuguesa; 04 sobre constituição federal; 04 sobre direitos humanos; 08 sobre direito penal; 08 sobre legislação; 10 sobre noções de criminologia; 10 sobre noções de lógica e 12 sobre noções de informática. Os candidatos tiveram ao todo 4 horas para realizarem a prova.

É muito importante que você que deseja participar deste novo processo seletivo faça o teste de 2013 e também dentro do tempo estabelecido, ou seja, de 04 horas. Essa é uma das formas mais eficazes de preparação. Além disso, é necessário também que você leia o edital assim que ele for divulgado, pois no documento vai contar todas as matérias que serão cobradas na prova de múltipla escolha e quais critérios serão avaliados nas outras avaliações.

Para mais informações acesse https://www.policiacivil.sp.gov.br/portal/faces/pages_home e https://www.vunesp.com.br/. Boa sorte!

Isabela Castro.


Oportunidades são para os cargos de delegado, investigador, escrivão e papiloscopista.

Foi publicado o edital da Polícia do Pará com 650 vagas para os cargos de delegado, investigador, escrivão e papiloscopista. Para concorrer ao cargo de delegado é necessário ter nível superior em Direito e para as outras funções é preciso ter formação de nível superior em Instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. A carga horária de trabalho é de 44 horas semanais.

Que tal aproveitar a oportunidade? As inscrições estão abertas e o prazo permanece vigente até o dia 22 de agosto. A organizadora responsável é a banca FUNCAB e o valor da taxa de inscrição é de R$ 140,00 para o cargo de delegado e R$ 110,00 para as demais funções.

As provas terão a duração de 05 horas e serão aplicadas nas seguintes cidades do Pará: Belém, Marabá, Altamira e Santarém. As avaliações para o cargo de delegado estão previstas para o dia 25 de setembro e para as outras funções, no dia 11 do mesmo mês. Além da etapa da prova objetiva, os interessados também serão avaliados por teste de capacidade física.

Que tal começar a programar os seus estudos? O edital pode ser acessado por aqui: http://www.funcab.org/.

Como me preparar para este concurso?

Como falta pouco tempo para a prova, é necessário planejar. Por isso, faça uma programação de estudo com a disciplina do seu cargo dentro do seu tempo disponível. Não foque em quantidade, mas principalmente em qualidade e regularidade. Neste sentido, não perca tempo se lamentando que tem poucas horas de estudo.

Tenha foco e confiança em si mesmo. Não adianta ter acesso aos melhores materiais e não acreditar na sua capacidade para alcançar os resultados que almeja para a sua vida.

Além da prova objetiva, também terá teste físico. Portanto, prepare-se para ele com dedicação. Existem muitas academias que são especializadas em testes físicos para concursos públicos. Comece a treinar com muita antecedência, para o seu corpo adquirir resistência, principalmente, se você for sedentário.

Mantenha uma alimentação leve, equilibrada e saudável. Invista em frutas, legumes e verduras. Uma boa dieta faz a diferença para a sua produtividade.

Gostou das dicas e da novidade deste concurso? Então não deixe de compartilhar com os seus amigos e muito sucesso.

Por Babi


Está aberto o edital de concurso público da Polícia Civil do Rio de Janeiro. O certame em questão oferece 600 vagas para a função de Inspetor de Polícia. Cumpre ressaltar que de acordo com o edital, serão disponibilizadas cotas para índios, afrodescendentes (20% das vagas) e portadores de necessidades especiais (5% das vagas).

O salário oferecido pelo exercício da profissão é de R$ 2.087,70, pagos por cargas horárias de 40 horas por semana ou escala alternada de trabalho. O regime de contratação é estatuário.

Os interessados deverão se inscrever exclusivamente pela internet, na página eletrônica www.fec.uff.br, até a data limite de 29 de março de 2012, ao custo de R$ 85,00.

A seleção envolverá várias etapas. A primeira consiste em realização de Prova de Conhecimentos, a segunda compreende Avaliação de Capacidade Física, a terceira diz respeito ao Exame Psicotécnico, a quarta consta de Exame Médico e por fim, os aprovados passarão por Curso de Formação Profissional.

O resultado final desse concurso será válido por 01 ano, contado a partir da data de sua homologação, sendo prorrogável uma vez, por igual período.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Já estão abertas as inscrições para o Concurso Público da Polícia Civil do Distrito Federal. O certame disponibiliza 14 vagas em caráter imediato e outras 44 para a formação de um cadastro reserva. Todas as chances são para atuar como Perito Criminal.

Para fazer parte da seleção é necessário que você tenha formação superior nas áreas de química, física, ciências biológicas, ciências da computação, ciências contábeis, informática, odontologia, geologia, bioquímica, farmácia, engenharia ou mineralogia.

A jornada de trabalho será de 40 horas por semana, com uma base salarial no valor de R$ 13.368,68.

Todas as atribuições do cargo, assim como outras informações sobre o concurso, você pode encontrar no edital de abertura.

O candidato interessado pode fazer a inscrição, até o dia 19 de dezembro, no site da Universa (www.universa.org.br). Quem preferir pode se inscrever na Central de Atendimento da Fundação Universa, que está situada na SGAN, n°609, Módulo A – Asa Norte, em Brasília. O atendimento acontece das 10h até às 17h.

O custo para efetivar a sua participação é de R$ 185.

O certame conta com provas objetivas e discursivas, exames de saúde, prova de aptidão física, sindicância de vida pregressa, investigação social, avaliação psicológica e prova de títulos.

O teste que será classificatório para o Curso de Formação Profissional acontecerá em 05 de fevereiro de 2012. Participe!

Visite também o site da Polícia Civil do Distrito Federal – www.pcdf.df.gov.br.


A Polícia Civil do Estado de Minas Gerais resolve divulgar edital de concurso público para os cargos de: Delegado e Escrivão.

No total são 349 oportunidades, sendo 144 para a função de Delegado e 205 para Escrivão. As regiões contempladas com as referidas vagas são: Ipatinga, Juiz de Fora, Governador Valadares, Montes Claros, Unaí, Barbacena, Lavras, Divinópolis, Teófilo Otoni, Curvelo, Poço de Caldas, Pouso Alegre, Uberlândia e Patos de Minas.

Os interessados poderão se inscrever através do site da Academia de Polícia, ou comparecendo na mesma (que fica localizada na R. Negrão de Lima, número 200, Bairro Nova Gameleira, Belo Horizonte-MG), no período de 27 de setembro a 26 de outubro. As taxas de inscrição custam de R$ 40,83 a R$ 114,33.

Para a função de Delegado, será exigida a graduação em Direito. Já para a função de Escrivão, o candidato precisa ser graduado em qualquer curso de nível superior.

As provas escritas serão no dia 27 de novembro, no turno da tarde (às 14h).

As remunerações são de R$ 2.041,72 (para escrivão) e R$ 5.716,87 (para o cargo de Delegado). A jornada de trabalho exigida é de 40h semanais.

Confira o edital para Delegado e Escrivão.

Por Thais Cortez





CONTINUE NAVEGANDO: