Concurso da Polícia Civil de São Paulo 2018 – Investigador e Escrivão




Prazo para se inscrever termina no dia 15 de maio de 2018.

Nesta segunda-feira, dia 16 de abril, inicia o prazo para inscrição dos editais do concurso público para a Polícia Civil no Estado de São Paulo, a PC/SP, referente aos cargos de escrivão e também investigador. Serão ao todo, a seleção e contratação, por volta de 1.400 vagas, desses cargos 70 são reservadas às pessoas que possuem deficiência.

No total das vagas, 800 estão destinadas a carreira de escrivão da polícia e as 600 vagas restantes para investigador da polícia. Todos os interessados em concorrer a uma dessas vagas precisam possuir um diploma de conclusão do nível superior, podendo ser em qualquer graduação, possuir carteira de habilitação, sendo de categoria “B”, e por fim ter uma conduta irrepreensível que será investigada minuciosamente em sua vida pública e principalmente privada.


Os salários base iniciais de escrivão e também de investigador de polícia são R$ 4.435,62, já incluso o salário base mais gratificação e o adicional correspondente a insalubridade no valor de R$ 691,64.

A empresa que está responsável por toda a organização e também a execução do processo é mais uma vez a Fundação Vunesp. Suas inscrições podem ser realizadas até no máximo o dia 15 de maio e será feita somente pela internet, através do site da www.vunesp.com.br.

Sobre a taxa de inscrição, será cobrada uma taxa no valor de R$ 84,81 para qualquer uma das funções. O seu pagamento do boleto tem que ser efetuado até o prazo limite que é a data do fim das inscrições, vale lembrar que o horário de funcionamento do banco é o limite para o pagamento.


Sobre as provas da PC/SP 2018 para os cargos de escrivão e investigador

Sua primeira etapa consiste na prova preambular, e ela é de caráter eliminatório e também classificatório. Contendo 100 questões, sendo todas de múltipla escolha, e será aplicada em 10 de junho impreterivelmente nas cidades de Bauru, Araçatuba, Campinas, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, Santos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, São Paulo capital e também na região metropolitana, por fim Piracicaba e Sorocaba.

Agora para o cargo de escrivão da polícia, sua prova preambular obterá 36 questões da disciplina de língua portuguesa, 30 de direito, 16 de informática e por fim 18 de criminologia, lógica e também sobre atualidades.

Para investigador de polícia 30 questões de na área de língua portuguesa, 30 de direito, 10 de criminologia, 10 de lógica, 10 de informática e por fim 10 de atualidades.

Somente participarão para a prova escrita, aqueles que passarem da primeira fase, sendo que a segunda fase também é de caráter eliminatório e classificatório, sendo no total 1.200 para as vagas de escrivão e duas vezes o número de concorrentes para as vagas em disputa no cargo de investigador.

O concurso ainda contará também com as seguintes fases: a comprovação de idoneidade e sobre conduta escorreita em caráter de investigação social, e será de caráter exclusivamente eliminatório; a prova oral, será eliminatória e também classificatória; e por sua vez a análise de títulos, que será apenas classificatória quem chegar até essa última fase já estará aprovada no concurso.

Com certeza essa é uma grande oportunidade de concurso público se você sonha em entrar para o funcionalismo público tendo um bom cargo com um bom salário inicial, essa é umas das melhores chances no momento. Entre no site da Vunesp e veja todos os detalhes, se prepare e corra atrás do sucesso.

A Polícia Civil é um dos cargos mais disputados em caráter de concurso público estadual. Por isso não deixe de estudar as matérias específicas e se preparar de uma forma eficaz para que uma dessas vagas seja sua.

Ricardo Ferreira Rodrigues

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *