Concurso SME-GO 2016 abre 4.735 vagas de trabalho





Inscrições podem ser realizadas entre os dias 21 de abril e 19 de maio de 2016.

Em Goiás, a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) de Goiânia conta com um concurso público para 4.735 vagas de trabalho. Deste total, 237 são direcionadas para pessoas com necessidades especiais. A remuneração será entre os valores de R$ 880 até R$ 2.135,33.

As inscrições serão realizadas no site da organizadora, a Universidade Federal de Goiás – vestibular.ufg.br/2016/concurso_prefgyn_educacao – entre os dias 21 do mês de abril até 19 de maio deste ano de 2016. Será cobrada uma taxa de cadastro nos valores de R$ 40 e R$ 100.




As vagas:

– Agente de apoio educacional, auxiliar de atividades educativas, assistente administrativo educacional, profissional de educação II em áreas como pedagogia, artes, história, dança, artes cênicas, inglês, libras, educação física, português, entre outros.


As chances exigem o nível fundamental completo, nível médio completo e o superior completo, de acordo com cada função.

Segundo o edital de abertura, a aplicação das provas objetivas acontecerá nos meses de junho e julho. Em 12 de junho haverá teste para os inscritos para agente de apoio educacional. Em 19 de junho será a vez para pessoas do cargo de profissional de educação. No dia 26 de junho é a prova para auxiliar de atividades educativas. Em 03 de julho acontecem os testes para assistente administrativo educacional. De acordo com a função, haverá também prova de aptidão física entre os dias 11 e 21 de agosto deste ano de 2016.

Os aprovados deste concurso público terão os seus nomes divulgados em 15 de setembro. No dia 20 de setembro será a homologação. A validade do certame é de dois anos. Demais informações no edital de abertura do processo de seleção.

Dicas para concurseiros:

· Ao final de seus estudos nas matérias básicas, elas ficarão em segundo plano. Faça revisões periódicas para relembrar o material e também questões de outros concursos.

· Independente do concurso, as matérias básicas vão ficar no seu programa de estudo até a sua aprovação.

· Quando possível, suas férias de trabalho devem ser reservadas para quando um bom edital sair e, assim, o estudo ser mais tranquilo.

· É necessário que ao final de cada mês o concurseiro faça uma análise de seu planejamento de estudo para realizar ajustes para o outro mês.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *