Hodiernamente, é muito comum encontrarmos concurseiros pelos cantos do Brasil. No entanto, levar uma vida de estudos intensos não é tão fácil quanto parece. Desta forma, vamos abordar neste artigo algumas dicas que os concurseiros de plantão não podem deixar de saber.

Primeiramente, estamos numa época na qual quem é servidor público consegue ter uma remuneração muito superior a do mercado se comparado à quantidade de horas a serem trabalhadas por semana. Assim, o estudante precisará de bastante tempo para se dedicar, inclusive àquelas disciplinas enfadonhas e cansativas a fim de ser aprovado.

Em seguida, caso o candidato seja um iniciante no mundo dos concursos, o recomendável é matricular-se em um cursinho preparatório para ter uma noção das principais matérias aplicadas em provas. No entanto, saiba que, o que o fará ser aprovado será a quantidade de horas em que estuda individualmente, fora das salas de aula. Depender só do professor não garante sua aprovação, é necessário que você seja persistente e fique horas sentado estudando.

Opte por fazer um plano de estudos que seja condizente com a sua realidade e cumpra-o à risca. É melhor um projeto realístico a um o qual irá sobrecarregá-lo e você não irá conseguir cumpri-lo.

As carreiras públicas estão cada vez mais atrativas e estima-se que nos dias de hoje temos 13 bilhões de brasileiros estudando para concursos e a cada ano essa quantidade sobe. Um dos fatores que mais tem levado pessoas a buscarem um cargo público é a tão sonhada estabilidade.

Após ser empossado e tornar-se servidor, tenha em mente que você representa o Estado e está ali para servir a sociedade. Ledo engano aquelas pessoas que pensam que serão aprovadas e não precisarão trabalhar. Isso é um mito o qual foi criado em tempos remotos. Nos dias de hoje os servidores estão cada vez mais qualificados e precisam se especializar para que consigam atender ao público da melhor forma possível.

Por Luciana Viturino





CONTINUE NAVEGANDO: